O mercado para o engenheiro de alimentos é amplo. Além de atuar no segmento alimentício, que é muito grande, por causa da forte formação em microbiologia e bioquímica, esse profissional também pode atuar em áreas como as de biotecnologia, contribuindo com os processos produtivos nesses setores, uma vez que o engenheiro de alimentos é um engenheiro de processos.

Esse profissional determina as etapas de preparação dos alimentos, em escala industrial, sejam de origem vegetal ou animal. É ele quem seleciona matérias-primas, define a melhor forma de conservação dos produtos, e até mesmo projeta embalagens.

Gostou? Então, saiba que o curso de Engenharia de Alimentos da PUCPR existe desde 1989 e forma profissionais capazes de desempenhar suas funções com excelência técnica, contando com uma completa e moderna estrutura de laboratórios.